quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

IMPRENSA ALTERNATIVA NO RIO DE JANEIRO: RESISTÊNCIA À DESINFORMAÇÃO IMPOSTA PELO MONOPÓLIO DA COMUNICAÇÃO NO BRASIL

Maré de Notícias
Por Rosilene Miliotti
Criado como uma alternativa de comunicação para a favela da Maré, o jornal Maré de Notícias já está em sua terceira edição. A proposta é aumentar o fluxo de informações de qualidade entre os moradores e ser uma alternativa aos veículos  de comunicação tradicionais, que em geral retratam a Maré e demais favelas apenas de forma negativa e enfatizando a violência. A diretora da Redes de Desenvolvimento da Maré, instituição promotora do jornal, Fernanda Gomes, conta que “a proposta da instituição foi de construir esse projeto da forma mais participativa possível. Nesse sentido, foram convidadas diferentes instituições da Maré para pensarmos juntos a linha editorial do jornal”. A iniciativa permitiu que já na primeira edição o jornal contasse com a
parceria do Observatório de Favelas e o Apoio de outras seis instituições da Maré.

Após consolidar a parceria, foi realizada uma pesquisa de opinião em todas as 16 comunidades da Maré para saber o que os moradores gostariam de ler no jornal. A pesquisa "Por um Jornal da Maré: diga como você quer!" ouviu 2.300 moradores, o que corresponde a 2,5% da população do bairro e concluiu que nove em cada dez moradores da Maré tem o hábito de ler e 36% leem jornal diariamente, sendo o Meia Hora, o Extra e O Dia os jornais preferidos.
O estudo também mostrou que os moradores desejam ler reportagens sobre o próprio bairro, oferta de cursos, esporte, saúde, cultura, infraestrutura urbana, educação e projetos sociais. O tema “segurança pública, polícia e violência” aparece em 12º lugar na preferência do morador. A pesquisa está publicada na primeira edição do jornal.


Aproximando os moradores
Com o objetivo de aproximar ainda mais os moradores, a primeira edição foi lançada no fim do ano passado com o concurso cultural “Por um jornal da Maré diga o nome que você quer”!, para que os moradores pudessem escolher o nome do jornal. Durante 30 dias, mais de 500 pessoas deram sugestões nas urnas itinerantes que circularam toda a Maré e ainda pela internet. O vencedor do concurso, um adolescente morador da comunidade Nova Holanda, foi premiado com um computador. O nome escolhido, Maré de Notícias, foi divulgado na terceira edição, que está sendo lançada hoje, 24 de fevereiro.

“Todo esse processo participativo foi empreendido para que o novo veículo de comunicação da Maré correspondesse aos anseios dos moradores do bairro”, conta Fernanda que também explica que o jornal se insere em um projeto mais amplo de transformação e melhoria da qualidade de vida. “Na medida em que o jornal mobiliza a população para a reflexão da realidade local, garante a ampliação do debate para o conjunto da cidade”, explica.

O jornal Maré de Notícias tem tiragem de 30 mil exemplares, é mensal e é distribuído gratuitamente em toda a comunidade. Jornalistas de outros veículos de comunicação como Anabela Paiva, do CESeC, Flávia Oliveira e Aydano André Motta, jornalistas do jornal O Globo colaboram com a produção do jornal.

Acesse o blog do jornal Maré de Notícias

PDF - Maré de Notícias – edição nº 1

PDF - Maré de Notícias – edição nº 2

PDF - Maré de Notícias – edição nº 3



OBSERVATÓRIO DE FAVELAS RJ

Editorial - 24/02/2010 16:10

 

Que segurança queremos



Na noite da quarta-feira de cinzas, no pós carnaval carioca, o jovem Marcílio de Souza Silva, de 24 anos, foi assassinado. Segundo um primo que estava junto, eles estavam em uma motocicleta e foram abordados por policiais próximo à favela Vila Cruzeiro, na Penha, Zona Norte do Rio de Janeiro. Eles teriam sido levados pelos policiais para um posto desativado da polícia em Parada de Lucas.

Marcílio e o primo, após terem dinheiro, celulares e documentos supostamente roubados pelos policiais, teriam sido torturados e foram obrigados pelos policias a entrarem na favela, e teriam sido recebidos com tiros por traficantes. Ao voltarem, foram cercados pelos policiais. Marcílio teria sido capturado e o primo conseguiu fugir e se escondeu no mato. Marcílio foi encontrado na manhã de quinta-feira, dia 18 de fevereiro, na Rua Guarupá, na Penha, com as mãos amarradas, em posição fetal e com dois tiros na cabeça.Os dois jovens eram moradores da Cidade de Deus, favela localizada na Zona Oeste da cidade do Rio.

Os quatro policiais envolvidos disseram que abordaram os jovens mas que os liberaram logo em seguida. No entanto, o GPS de uma das viaturas verificadas mostrou que o veículo passou pelo local onde o corpo do jovem foi encontrado às 21h.

Na sexta-feira, 19 de fevereiro, na favela Cidade de Deus, o adolescente Reinaldo Francisco dos Santos Silva, de 13 anos, foi encontrado morto a pauladas, num matagal na favela. Parentes do garoto afirmam que ele foi seqüestrado por policiais e levado para o interior da favela no final da manhã de sexta-feira.

Os policiais negam envolvimento e afirmam que o garoto pode ter sido executado em acerto de contas com traficantes de drogas. Ironicamente, na Cidade de Deus está instalada uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), e desde então, o tráfico teria sido expulso do local pelas forças de segurança.

Dias antes, no dia 9 de fevereiro, o jornal O Globo divulgava dados disponibilizados pelo Instituto de Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro (ISP-RJ), e estampava que a taxa de homicídios no Estado havia caído, apresentando o menor índice dos últimos dez anos. Embora o índice tenha caído, o número de mortes aumentou de 5.717 para 5.794. E a queda na verdade foi apenas uma oscilação de 0,1%, nada significativo. Ainda se levarmos em conta os dados populacionais do IBGE, órgão responsável pelo censo demográfico no país, o índice oscila para cima: vai de 36 em 2008 para 36,2 em 2009.

Como lembra a antropóloga Ana Paula Miranda em seu blog, a cobertura do tema da segurança pública “deveria ser alvo de uma atenção mais cuidadosa e menos marcada por interesses privados”. Se compararmos os números absolutos com o Estado de São Paulo, com mais do dobro da população do Rio de Janeiro, vemos que os números são bem menores. Em São Paulo foram mortos 4.557 pessoas, enquanto no Rio 5.794 perderam suas vidas. Se compararmos a taxa de homicídios, São Paulo apresenta 10,9 mortos por cem mil habitantes. No Rio a taxa é de 34,6. A média nacional é de aproximadamente 24 mil mortes por cem mil habitantes.

Além da taxa de homicídios, as mortes também são computadas como autos de resistência – mortes de civis em confronto com a polícia –, lesão corporal seguida de morte, homicídio culposo, encontro de cadáver e de ossada e policiais mortos em serviço.

Mais do que questionar uma oscilação de queda de 0,1% - ou de aumento de 0,2% – na taxa de homidícios, é preciso pensar – e repensar – a ação da segurança pública e do alto índice de óbitos no Estado do Rio de Janeiro. Casos como o do caixa de farmácia Marcílio e do adolescente Reinaldo têm se tornado recorrentes na capital carioca. Uma política que se baseie no confronto e no desrespeito à vida já se mostrou, na prática, fadada ao fracasso.

Complementando:

Disponibilizamos uma lista de fontes alternativas de informação a partir das indicações dos leitores. Esperamos que possa ser útil para todos e que possam reenviá-las para outras listas.

Informar-nos melhor é condição de compreendermos melhor a realidade e podermos intervir de forma mais profunda e radical para a construção do outro mundo possível que buscamos.

Sites indicados pelos leitores

www.fazendomedia.com

www.correiocidadania.com.br

www.sinpermiso.info

www.rebelion.org

www.telesurtv.net

www.resistir.info

www.reporterbrasil.org.br

http://linhasnomades.zip.net

www.diariogauche.zip.net

www.rsurgente.zip.net

www.adital.org.br

www.imprensamarrom.com.br

www.franklinmartins.com.br

http://terramagazine.terra.com.br

www.novae.inf.br

http://viomundo.globo.com/

http://www.lainsignia.org/

http://www.tie-brasil.org/noticias.php

http://www.zerofora.hpg.ig.com.br/

http://www.herramienta.com.ar/

http://www.afyl.org/articulos.html

Centro de Estudos Sociais Laboratório Associado Faculdade de Economia - Universidade de Coimbra - http://www.ces.fe.uc.pt

CUBA Debate - http://www.cubadebate.cu

Núcleo de Estudos do Futuro - http://www.nef.org.br

RedMarx - www.redmarx.net

Voltaire.net - http://www.voltairenet.org/pt

GRANMA – português - www.granma.cu/portugues/index.html

Observatório Latino Americano - http://www.ola.cse.ufsc.br

Alfarrábio - Paulo Bicarato – http://www.alfarrabio.org

Noam Chomsky - http://www.chomsky.info

Esquerda NET - http://www.esquerda.net

Agência Bolivariana de Notícias - http://www.abn.info.ve

HTTP://ENGLISH.ALJAZEERA.NET

www.anovademocracia.com.br

www.fpa.org.br

www.monthlyreview.org/

Marxists Internet Archive - http://www.marxists.org/

Revista Espaço Acadêmico (REA) - http://www.espacoacademico.com.br/

Journal of World-Systems Research - http://jwsr.ucr.edu/index.php

Socialist Register - http://socialistregister.com/

Socialist Worker - http://www.socialistworker.org/

World Socialist Web Site - http://www.wsws.org/

Revista Sem Terra - http://www.mst.org.br/mst/revista.php?ed=32

Jornal Sem Terra - http://www.mst.org.br/mst/jornal.php?ed=33

Revista Crítica Marxista - http://www.unicamp.br/cemarx/criticamarxista/
http://www.portside.org/

www.abcdmaior.com.br

http://rascunho.ondarpc.com.br

www.cecac.org.br

www.letraselutas.com.br

www.revistadobrasil.net

www.bahiadefato.com.br

www.novojornal.com.br

www.aporrea.org

www.rits.org.br

www.radiocom.org.br

www.ansa.it/ansalatinabr

www.horadopovo.com.br

www.expressaopopular.com.br

www.vermelho.org.br

www.diplo.com.br

BLOGS

http://blogdobourdoukan.blogspot.com (Georges Bourdoukan, colunista da Caros Amigos)

www.blogdogadelha.blogspot.com

www.blogentrelinhas.blogspot.com

http://blogdokayser.blogspot.com/

http://blog.contrapauta.com.br/

http://www.blogdoonipresente.blogspot.com/

Bombordo - http://www.verbeat.org/blogs/bombordo

Blog do IBASE - http://www.ibase.br/blog/index.php

http://edu.guim.blog.uol.com.br

www.mercado-global.blogspot.com

Blog de Antonio Ozaí (REA) - http://antoniozai.blog.uol.com.br/
(OBS: é preciso solicitar a inscrição pelo e-mail antoniozai@gmail.com)

http://fastosenefastos.blogspot.com/

http://blog-do-robson-camara.blogspot.com

http://www.votolula.blogspot.com

http://blogdodirceu.blig.ig.com.br/

http://www.naperiferiadoimperio.blogspot.com/

http://blogdomino.blig.ig.com.br

http://conversa-afiada.ig.com.br
Fonte: Blog do Emir – www.cartamaior.com.br – 03/03/2007


Por
Sindsprev da Redação. do Sindsprev/PE.

6 comentários:

Anônimo disse...

Há, obviamente, muito para saber sobre isso. Eu acho que você fez alguns bons pontos de recursos também. Continue trabalhando trabalho, ótimo!

luka disse...

FAÇO UMA PERGUNTA AOS NOSSOS GOVERNANTES QUE NOS O POVO COLOCAMOS O PODER NAS MAOS DELES E QUANDO ELES TOMAM POSSE DO PODER NAO CONSEGUIMOS SE QUER MARCAR UMA HORA PARA COLOCARMOS RESPOSTAS DO QUE ELES PROMETERAO NA CAMPANHA USAR COMO PONTE UM VEREADOR NAO POR QUE DEPOIS DAS ELEICOES TODOS VIAJAO O MELHOR SOMEM TENTO FALAR COM O PREFEITO DESDE 2009 NAO CONSIGO PO FAVOR ME AJUDEM EU AGRADEÇO UM FORTE ABRAÇO

João Martins disse...

Para o Luka. Entre em contato com este grupo aqui - http://www.redecontraviolencia.org/Home

Anônimo disse...

Hello foi a 3ª vez que li o teu espaço online e gostei muito!Espectacular Projecto!
Cumps

Anônimo disse...

Really good post!

Anônimo disse...

It is very helpful!